segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Fotos de família

.
Comprei uma impressora e ando a digitalizar as fotos de família!

Vejam só que coisinhas mais fofas!

Os meus bisavós, com os seus filhos mais velhos, o Carlos Augusto que morreu muito antes de eu nascer e a tia Cristina, que era uma delícia! Era conhecida por jogar canasta, fazer crochet, rezar o terço e dar ordens às empregadas, TUDO AO MESMO TEMPO!!!




A minha avó paterna sentada com um sobrinho ao colo, talvez a Isabelinha, e as irmãs Cristina Adelaide e Bebé em pé. O meu pai é o puto que está ao meio! O degolado nao sei quem é...



Ora nesta temos o tio Mário e a tia Bebé à esquerda, seguidos do meu pai e os outros não sei quem são, embora ache que lá esteja a Milena também (não é a moça que vem logo a seguir ao meu pai, mas a outra!)





Os primos Isabelinha e Boy.






O casamento dos meus avós Joaquim e Esther.





O meu bisavô Viriato Vitorino, a minha grande referência de família, ele e o meu pai!

Nunca o conheci, mas tenho ouvido as histórias mais encantadoras sobre ele.

Começou por fazer dois filhos a uma empregada em Moçambique, filhos esses que aperfilhou e trouxe consigo (inclusive a mãe) para Lisboa e que foram criados como filhos do casal. Sempre tive uma adoração pela Tia Adelaide, a filha dessa relação do meu bisavô. No sábado estiveram cá uns primos, neto e bisneta de um desses irmãos da minha avó, o tio Cláudio.

Quando esteve em Moçambique foi governador da ilha de Moçambique que na época era uma prisão. Quando lá chegou mandou chamar o capataz e disse-lhe que sabia que ele gostava de malhar nos presos e ia fazer uma proposta: o capataz batia às 2as, 4as e 6as e ele batia às 3as, 5as e sábados, ao domingo todos descansavam.
O capataz fez a sua vidinha na 2a e na 3a feira foi chamado ao gabinete do meu bisavô, levou uma coça tão grande que se atirou de uma janela abaixo...
Mais tarde, antes de sair do hospital o meu bisavô foi lá avisá-lo que tudo continuava igual, quando ele malhasse num dia o meu bisavô malharia no dia seguinte!

Estas são algumas das histórias que se contam do moço!





Esta era a minha avó paterna, nem sei que idade teria...





Aqui os dois primeiros não sei quem são, depois vem o meu pai, de mão na cintura, a minha avó atrás dele, o puto que está ao colo deve ser o Boy a Isabelinha amais o seu odiado laço e o pai dela na ponta direita, o saudoso Tio Mário Miranda!






Estes são a minha mãe e o meu irmão, na varanda da nossa casa em Almada.





Estes são os primos, ou seja, o meu pai e os primos direitos, Zé (o meu pai), a Teresa, o Boy, A Isabelinha e a Milena, na Costa de Caparica.




Esta foi tirada em 1980, no Popys, um barzinho na Praia das Maçãs. Sou eu no meio de duas amigas, a Isabel à esquerda e a Vanda à direita.




Este é o meu pai, provavelmente mascarado!





Esta também foi tirada no Popy's, temos o meu irmão à direita, o Nuno ao meio e as moças acho que uma delas é a Joana Levy...





Este borracho era a minha mãe, paí com uns 18 ou 20 anos!




Eu e o mano, na Praia das Maçãs em 1970.





1969 - Eu, o mano e os meus pais





O casamento dos meus pais, na igreja de Colares.

No casamento, os noivos e os primos do meu pai!





A minha mãe e os meus avós paternos.





O meu baptizado... Os meus padrinhos Alfredo e Alda (minha querida madrinha...)






Eu com 12 anos.





Os meus pais, em 1978.




Natal de 1970





A minha avó materna.

E tantas mais... É giro abrir o baú de recordações!

.

10 comentários:

Nina disse...

Agora percebo a quem sais!
A tua mãe era lindíssima /e ainda deve ser!:)
bji, querida e ob pelos teus miminhos

tronxa disse...

ehehehe nina!!

esta familia ainda tem muita gente bonita!! tanto por fora como por dentro!!

ehehehehe

bjnhsssssssssss

Xaninha disse...

Tronxinha, tu desculpa lá mas fiquei completamente rendida ao teu bisavô Viriato e à beleza da tua mãe!!!

As fotos estão brutais...
fazem lembrar as fotos da realeza que apareciam sempre nos livros de História! ;)

beijinho grd*

tronxa disse...

a minha mae era um verdadeiro borracho, xaninha! aliás ela e a irmã do meio, que ainda nao digitalizei nenhuma dela, mas hei-de digitalizar e pôr tambem no blog!

o avo viriato era uma figura bastante interessante e com uma historia e filosofia de vida invejável.

adoro estes encontros de familia, em que se contam historias dos presentes e dos que ja cá nao estao, todos eles completamente passados mas com uma loucura bastante saudável!

as fotos antigas têm um efeito brutal em nós, ja habituados aos digitais e outras coisas que tais!!

eheheheh

bjnhsssssssssssss

Xaninha disse...

é mesmo!!
apesar d ter foto digital, faço questão de as revelar e tê-las guardadas no álbum! Penso sempre que um dia os meus netos vão gostar de ver a avó com 20 e tal anos e os seus "antepassados"...

beijoca:D

tronxa disse...

as minhas de 20 e tal anos estao todas em papel, fora as que perdi, em casa do meu ex... mas as de agora, poucas sao as que estao em papel... os putos entao têm a maior parte delas em digital...

bjnhsssssssss

Salmantina disse...

Adorei as fotos(obrigada por partilhar)

A tua mae era mto bonita,mas o teu pai nao lhe ficava atràs.Que beleza de homem!

Tu continuas na mesma,linda e sempre a rir.Tens 2 ruguitas a mais,mas sò se nota ao perto!ehehhe

E parti-me a rir com a historia do bisavo Viriato e seu capataz.

Enfim...Adorei!

Bjinhos miga

tronxa disse...

hehehehe salita!!

isso sao os teus olhos, que ja estao meio pitosgas e que vêem essa beleza e tal!!

eheheheheheheh

o bisavo era um ganda maluco e um moço com o sentido de responsabilidade, justiça e de moral bastante desenvolvido!

bjnhsssssssssssss gds kida

ps: vao haver mais destas, vais ver!!!

Diabba disse...

Tive que olhar 3 vezes, o teu irmão com cabelo, ui ui ]:-D

E gostei das história do teu bisavô, foi inteligente reservar para ele as 3ªs, 5ªs, e sábados para andar á porrada, se eu pudesse tb fazia o mesmo. ]:-D

Storm disse...

Que fotografias fantásticas :)
Grande Bisavô :)))))
beijoca!