sexta-feira, 18 de junho de 2010

.


Passei pela TV e vi a notícia...

Cum escafandro!

Eu sei que o homem estava velho, que muita gente não chega àquela idade, que pelo que lhe foram desejando, pela vida fora, já devia estar a fazer tijolo há muitos anos!

Mas a verdade é que senti uma tristeza, um vazio...

Comecei a ler Saramago aos 20 anos, foi uma paixão que ainda hoje dura, com a morte dele fico limitada aos livros que já escreveu, saber que já não será mais nenhum escrito...

Há pessoas que deviam cá ficar para semente...!

.

3 comentários:

Nina disse...

É verdade, querida...digo o mesmo da minha avó que, apesar de não ter deixado obra escrita, levou consigo o melhor coração que eu conheci.
bji

tronxa disse...

kem nos deixa essas memorias, nunca morre, nina!!

bjnhssssssssss

Fábio Silva disse...

Saramago é imortal. Enquanto continuarmos a ler os seus livros, ele não morrerá.
Abraço